SILVES CAPITAL DA LARANJA

Estamos na montagem da 1ª mostra “Silves Capital da Laranja”

A conferência “Laranja XXI”, que vai reunir especialistas nacionais e estrangeiros na área de citricultura, no dia 17 de Fevereiro, um “Concurso Regional de Cocktails“, ao longo do dia 18, ou a “Marcha dos Namorados”, no dia 19, são algumas das propostas da 1ª mostra “Silves Capital da Laranja”, que quer destacar e discutir a citricultura deste concelho, de 17 a 19 de Fevereiro, na Fissul.

Além destas iniciativas, também haverá música, com o fado de Argentina Freire, no dia 17, às 21h00, e com os Deolinda, no dia 18, às 21h30. A animação de rua também será «constante», sendo que os Agrupamentos de Escolas do concelho participarão com momentos musicais, dinamizados pelos alunos e docentes.

Já a conferência “Laranja XXI” abordará temas como o “financiamento no âmbito do PDR2020”, “a qualidade dos citrinos do Algarve: ameaças, desafios e oportunidades” ou a “produção de citrinos em modo biológico na Andaluzia”.

Esta iniciativa durará o dia todo e termina com uma mesa redonda, às 16h30, para o debate sobre a “produção, comercialização e distribuição de citrinos no Algarve”.

Os produtores, as empresas ligadas à comercialização de maquinaria e produtos fitofarmacêuticos terão, neste certame, também a possibilidade de poder dar a conhecer o seu trabalho e de debater os seus problemas.

Os vencedores do “Concurso Regional de Cocktails”, dinamizado pela Associação de Barmen do Algarve, ganharão, por sua vez, o troféu “Silves Capital da Laranja”.

A gastronomia também marcará presença, por exemplo, com um showcooking, no dia 19 de Fevereiro, às 15h30, a cargo do chef Luis Santos, e com a presença de alguns espaços de restauração, que trarão os sabores e os aromas da laranja e demais citrinos aos visitantes.

«Voltamos a vincar, com a realização deste evento, uma posição relativamente à produção dos citrinos e à afirmação desta marca que nos parece determinante: em Silves a laranja e demais citrinos são um símbolo de qualidade», considera Rosa Palma, presidente da autarquia silvense, que é a organizadora deste certame.

«Além disso, damos um espaço aos citricultores para poderem chegar a vários públicos e, sobretudo, para poderem discutir, partilhar e analisar os problemas que afetam este sector e que merecem uma particular atenção no nosso concelho e ao qual queremos dar visibilidade e notoriedade», conclui.

Este evento conta com a parceria da Direção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve, da Universidade do Algarve, da Região de Turismo do Algarve, do Agrupamento de Escolas de Silves e Agrupamento de Escolas Silves-Sul.

Related Blogs

Posted by Boutik | 15 Março, 2017
A montagem da “grande tenda”
Inauguração da Fama Presidente da Câmara marcou presença na abertura oficial da Feira de Artesanato de Matosinhos Oitenta e dois artesãos de várias regiões do país, uma “Casinha do Pai...